Algumas dicas para desenvolver a consciência do seu valor

E aí galera, tudo bem?

Muito se fala em amor-próprio, mas pouco se pratica. Inúmeras pessoas tentam transmitir a ideia de uma vida feliz e uma autoestima inabalável, mas saiba que quanto mais alguém força pra se mostrar feliz, mais falta de amor-próprio ela possui.

A verdade é que esse elemento não se trata de apenas um momento prazeroso ou outro que você vive e sim de um estado constante que faz parte da sua vida. Logo, já podemos perceber o quão difícil é desenvolver o verdadeiro amor-próprio em si mesmo.

O tempo todo estamos julgando e sendo julgados, dando mais atenção pros problemas do que pras soluções e formatando nossa personalidade com base nas opiniões externas. Todas essas coisas tóxicas nos distanciam cada vez mais do bem-estar e da autoconfiança.

Quando falamos em amor-próprio, não estamos falando de egocentrismo e nem de narcisismo, muito pelo contrário. Estamos falando de se sentir bem sem envolver ou estar preocupado com outras pessoas. Mas como desenvolver essa coisa que parece tão simples e frequente, e na verdade não se encontra tão fácil por aí?

ATENÇÃO AO SEUS SENTIMENTOS E PENSAMENTOS

Quando você começa a se perceber e ter consciência das coisas que sente e pensa, consegue corrigir muitas coisas que estão erradas, como agir em função dos outros ou fixar ideias na sua mente que nem são de verdade. Uma pessoa com amor-próprio costuma ser decidida e sabe filtrar o que realmente importa do que não acrescenta em nada.

PERDOE

Não falo apenas de perdoar o próximo, mas de se perdoar. Tenha em mente que ninguém é perfeito, N-I-N-G-U-É-M. Não seja tão duro consigo, afinal, as coisas são passageiras, inclusive as atitudes erradas que você tomou. O que você fará? Aprender com elas. É pra isso que você está aqui. Pra se desenvolver e se tornar um ser-humano melhor.

TENHA METAS

Ter alguns objetivos definidos fará você criar disciplina e persistência para atingi-los. Se souber aliar o item anterior à esse, melhor ainda, pois você não desistirá no primeiro obstáculo que surgir e ganhará aos poucos confiança.

SAIBA DIZER NÃO

Não precisa deixar de ajudar o próximo, até porque essas pequenas atitudes fazem nós nos sentirmos úteis e também trazem bem-estar pra nossa vida. Entretanto, sinta-se a vontade pra recusar algo quando esse pode não te fazer bem por algum motivo. Dizer “não” não é necessariamente tratar alguém com grosseria ou desdém, desde que você saiba como fazê-lo.

CUIDE-SE

Zele por si mesmo. Toda mulher se sente poderosa quando cuida dos cabelos, das unhas e por aí vai, assim como os homens também se sentem ao colocar uma roupa bacana, por exemplo. Mas além desses tipos de cuidados, dê atenção ao seu interior também, pois ele é mais importante ainda! Faça atividades que te deem prazer, visto que elas te distrairão e ao mesmo tempo alimentarão sentimentos positivos. Fique próximo de pessoas que te fazem bem, que não te julgam aleatoriamente, resumindo, que mais ajudam do que atrapalham.

Basicamente é isso! Aliás, a gente sabe que não é tão básico assim, né? haha. Mas eu acredito que você pensar mais nas suas qualidades do que defeitos e toda vez que se deparar com um pensamento ruim mandá-lo pra bem longe, são os primeiros passos pra desenvolver o amor-próprio que a gente tanto almeja!

Vamos colocar em prática?

Share:
Written by Camila Paroche
Camila, 22 anos, São Paulo. Publicitária, criadora de conteúdo, apaixonada por entretenimento e tudo o que possa me desenvolver! Meu hobby? Música, filmes, séries, livros, fotografia e cuidar desse blog lindo haha ♡ Me acompanhe mais pelo Instagram: @camilaparoche